História do Laboratório

História do Laboratório

O Laboratório de Neurofarmacologia Molecular emprega uma matriz multifacetada de modelos experimentais de envelhecimento e doenças neurodegenerativas relacionadas com a idade, a fim de estabelecer as alterações moleculares e bioquímicas que ocorrem durante o envelhecimento e em desordens tais como as doenças de Alzheimer e de Parkinson. Uma área de grande interesse é compreender as respostas adaptativas de stress celular de neurónios (HORMESE), e como eles podem ser ativados por meio de intervenções farmacológicas e comportamentais de modo a proteger o cérebro contra lesões e doenças.

O Laboratório de Neurobiologia Molecular e Funcional estudar os potenciais benefícios que estímulos horméticos como dieta intermitente, exercício físico e exposição a baixas concentrações de fitoquímicos possam proporcionar durante o desenvolvimento neuronal e no processo do envelhecimento pela avaliação da neurogênese e plasticidade sináptica.